19 Abril, 2013 0 Comentários AUTOR: elemarjr CATEGORIAS: Sem categoria Etiquetas:

O que aprendi assistindo ao show do Roberto Carlos

Tempo de leitura: 1 minuto

Olá. Tudo certo?

Há dois dias, tive o prazer de assistir a um show do "rei" Roberto. Não é, em definitivo, meu artista favorito. Mas, está em uma categoria que respeito. Surpreendentemente, o show me levou a algumas reflexões.

Para começar, ninguém conquista e mantém o respeito, de tantas pessoas, por tanto tempo, sem méritos. Gostando ou não, a longevidade da carreira do "rei" é atestado de competência. 

Ter um time de qualidade é fundamental. Poucas vezes vi uma banda composta de músicos tão bons e versáteis. Sim, eles tocam juntos a muito tempo. Mas, para mim, isto está longe de ser um demérito.

O segredo está nos detalhes (não estou falando da música). Me impressionou o cuidado com cada movimento, gesto, frase, brincadeira, interação com o público ou com a banda. Enfim, tudo foi feito com muito cuidado. Coisa de quem realmente se importa com o que está fazendo.

Treino a exaustão. Não havia um momento do show que parecesse não ter sido planejado. Mesmo assim, em nenhum momento tive a impressão de artificialidade. Ou seja, não foram movimentos ensaiados, foram treinados. Todo mundo sabia o que fazer e fazia.

Respeito no trato com os outros. Todos os integrantes da banda tratavam-se com respeito e cumplicidade que beiravam o  exagero. Pode ter sido, também, resultado de treino. Mas, honestamente, não vejo mal algum nisso.

Conteúdo/fundamentos. Não foram duas horas vazias. Longe disso. O cara, de fato tem hits de sobra. Me surpreendi com a quantidade de letras que eu conhecia. Todo o ginásio cantou TODAS as músicas.

De todas as reflexões acima não há uma que não considere aplicável a um desenvolvedor.  Aliás, a qualquer pessoa.

Era isso.

0 Comentários

  1. Marcio Hiroyuki 3 anos ago says:

    Muito bom! É impressionante como podemos aprender algo em qualquer lugar... basta tentar ver um pouco além...

    Responder